Recanto Ecológico Rio da Prata
Junte-se ao Rio da Prata
Siga o Rio da Prata no Twitter
Siga o Rio da Prata no Facebook
Siga o Rio da Prata no Google +
Siga o Rio da Prata no Youtube
Traducir al español
Translate to english
18/12/2014 - 15:43
Inovações para a sustentabilidade em destinos turísticos brasileiros
Como forma de colaborar para o desenvolvimento científico do turismo, esta tese possui como objetivo identificar e analisar como os destinos turísticos brasileiros adotam inovações para a sustentabilidade.
 
 
A literatura demonstra que já são tautológicos os motivos pelos quais as empresas fracassam, bem como as evidências de que a inovação e sustentabilidade são fortes fatores de competitividade.


Sendo assim,o presente trabalho visa contribuir para que os destinos turísticos brasileiros (dependentes, obviamente, de empresas) possam ser mais inovadores e sustentáveis, inclusive como forma de aumento da competitividade no País.


A construção deste trabalho está respaldada na análise qualitativa e focada na identificação de experiências de inovação para a sustentabilidade nos principais destinos turísticos do País.


Para facilitar a compreensão do objeto de pesquisa foi construída uma inovadora matriz de análise denominada Matriz de Inovação para a Sustentabilidade no Turismo (MIST).


 Ademais, foram realizadas pesquisas junto a especialistas em turismo e inovação, turistas e representantes da iniciativa privada e do setor público. Tais pesquisas contribuíram para definir o campo empírico da tese, representado por três destinos turísticos, quais sejam: Bonito (MS), Gramado (RS) e Instituto Inhotim (MG).


Os resultados em geral não só indicaram práticas inovadoras nos três destinos turísticos pesquisados, mas também distintas ênfases atribuídas às dimensões da sustentabilidade (ambiental, cultural, social e econômica).


Embora as práticas de inovação para a sustentabilidade dos destinos turísticos brasileiros em geral sejam ainda muito pontuais e embrionárias, o presente estudo pode ajudar aqueles que desejam ser mais competitivos via inovação, principalmente na criação de valor turístico e valor sustentável.



Clique aqui para fazer o download do artigo.
 
Deixe seu comentário