Recanto Ecológico Rio da Prata
Junte-se ao Rio da Prata
Siga o Rio da Prata no Twitter
Siga o Rio da Prata no Facebook
Siga o Rio da Prata no Google +
Siga o Rio da Prata no Youtube
Traducir al español
Translate to english
28/12/2015 - 10:20
Imagem de ariranha no Recanto Ecológico Rio da Prata vence concurso de Fotografia
Uma imagem de autoria do biólogo e fotógrafo Daniel De Granville, residente em Bonito (MS), foi o grande destaque do 1º Concurso de Fotografia de Natureza, promovido pela Associação dos Fotógrafos de Natureza - AFNatura.
Assessoria de Imprensa Grupo Rio da Prata
 
 
 
A foto exibe uma ariranha percorrendo o Rio Olho d'Água no atrativo Recanto Ecológico Rio da Prata, em Jardim (MS).

Daniel De Granville revelou que tinhas boas expectativas ao inscrever a imagem no concurso já que foi a foto mais curtida pelos seus amigos em sua página no Facebook dentre todas as que postou ao longo deste ano."Mas sinceramente, ganhar o prêmio máximo estava um pouco fora das minhas expectativas, já que eram mais de 4.400 imagens concorrendo". 

Além de vencer a categoria Subaquática, a foto venceu o Prêmio Luiz Claudio Marigo, o principal prêmio do concurso.

Segundo informações do Blog "Por trás das Câmeras", a foto se destacou não só pela qualidade, mas também pela "grande dificuldade que envolve tal registro. Fotografar um animal como a ariranha, em águas limpas e abaixo da superfície, não é para qualquer um...", revela a jornalista Mônica Nunes.

E realmente a captura exigiu muito do profissional. Veja o relato abaixo:

"Esta foi a segunda oportunidade que tive de fotografar uma ariranha no Rio Olho d’Água, após as primeiras aparições de um macho jovem registradas em 2011. Em março de 2015 os relatos voltaram e, após me certificar dos fatos, organizar o material necessário e obter permissão para tentar fotografar este animal outra vez, realizei novas expedições ao local, que consistiam em permanecer dentro d’água sozinho e praticamente estático por mais de 8 horas diárias para apenas poucos minutos de oportunidade de fotografar quando o bicho aparecia. Durante estes dias eu ainda tive o privilégio de registrar uma cena inédita, desta ariranha encarando uma sucuri no fundo do rio!

No final do segundo dia de tentativas eu tive a certeza de ter realizado um registro muito especial, não apenas pela beleza fotográfica da cena em si, mas pela raridade que é encontrar uma ariranha tão curiosa e até dócil mergulhando em águas tão cristalinas, já que costumam ser animais arredios e que vivem em águas barrentas. Cabe ressaltar que trata-se de uma fêmea, ou seja, não é o mesmo indivíduo que fotografei quatro anos antes. E a importância desta imagem extrapola a questão fotográfica, pois a presença de predadores como as ariranhas em uma determinada área pode ser um indicativo de saúde ambiental, pois o fato de estarem posicionadas no topo da cadeia alimentar, só permite sua presença caso as demais espécies abaixo dela estejam habitando o local. Áreas naturais protegidas, como a RPPN Fazenda Cabeceira do Prata (que engloba todo o Rio Olho d'Água), garantem a manutenção destas relações ecológicas, e o ecoturismo responsável em tais lugares permite às pessoas presenciarem cenas raras da nossa natureza de forma harmoniosa e segura", concluiu o fotógrafo.

Daniel De Granville recebeu também uma menção honrosa com uma fotografia de peixes.

O 1º Concurso de Fotografia de Natureza da AFNtura contemplou também imagens nas categorias: Paisagem Brasileira; Fauna; Flora, Fungos e Pequeno Mundo e Homem e a Natureza.
 
Deixe seu comentário